Como transferir o dinheiro da Nota Fiscal Paulista para Bradesco

Veja o passo a passo para resgatar o crédito da Nota Fiscal Paulista para contas do Bradesco

O banco Bradesco tem milhões de correntistas no Estado de São Paulo e, dentre esses, uma quantidade grande usa a Nota Fiscal Paulista.

Este último é um programa público que tem o intuito de diminuir a sonegação de impostos feita por estabelecimentos de vários tipos: uma vez que os consumidores podem receber uma parcela do imposto recolhido, é mais difícil que eles concordem em não receber a nota fiscal.

A devolução que chega aos consumidores é referente a uma parte do ICMS e pode ser sacada pelas pessoas usando várias contas correntes ou poupança.

Veja aqui como transferir o dinheiro da Nota Fiscal Paulista para contas do Bradesco.


O que comprar para lucrar mais com a NFP?

Apesar de o ICMS ser um imposto razoavelmente conhecido pelos brasileiros, ele não é gerado em todo tipo de compra.

Por isso, nem sempre os participantes da Nota Fiscal Paulista recebem devolução de crédito.

Para consegui-la, é melhor que os consumidores foquem-se em produtos como:

  • Itens de relojoaria;
  • Veículos recreativos;
  • Restaurantes e estabelecimentos similares;
  • Serviços de alimentação para eventos;
  • Comércio varejista de produtos pirotécnicos;
  • Comércio varejista de frios e laticínios;
  • Recarga de cartuchos;
  • Artigos fotográficos e para filmagens e outros.

Como transferir o dinheiro da Nota Fiscal Paulista para Bradesco


 Como se inscrever no programa Nota Fiscal Paulista

Para poder transferir o dinheiro da Nota Fiscal Paulista para a conta do Bradesco, é obrigatório que a pessoa primeiro realize um cadastro na plataforma da Secretaria da Fazenda:

  • Abra este link do site oficial da Nota Fiscal Paulista;
  • Na parte inferior da página, haverá as opções pessoa jurídica e pessoa física, precisando-se selecionar uma delas;
  • Inserir as informações de cadastro pedidas pelo site;
  • Escolher uma senha.

Cabe salientar que esse cadastro serve não somente para pedir a transferência dos créditos, mas para consultá-los, fazer reclamações e usá-los na diminuição do Imposto sobre Propriedade de Veículo Automotor (IPVA).

O consumidor pode, todavia, acumular os créditos em seu CNPJ ou CPF apenas informando o documento no caixa, antes mesmo de ter feito um cadastro.


Transferir o dinheiro da Nota Fiscal Paulista para contas do Bradesco

O usuário de uma conta poupança ou corrente desse banco pode solicitar uma vez por mês a transferência dos créditos, desde que eles estejam em seu CNPJ ou CPF e que a conta bancária também seja sua. Para transferir:

  • Abre-se a página da NFP e faz-se login;
  • Clica-se em “Utilizar créditos”;
  • Clica-se no tipo de conta desejado;
  • Dentre a lista de bancos disponíveis, seleciona-se “Bradesco”, inserindo a conta e a agência (se a pessoa já fez transferência da Nota Fiscal Paulista para essa conta, ela já estaria automaticamente gravada, mas o consumidor pode mudá-la).

A conta escolhida costuma indicar o depósito em até quinze dias, normalmente úteis.

Esse processo de saque pode ser feito mensalmente desde 2019: até o ano anterior, os cidadãos só podiam fazer uso dos créditos nos meses de abril e de outubro.

Recomenda-se fazer a consulta dos créditos contabilizados antes da transferência:

  • Logado, o consumidor clica em “consultar”;
  • Clica na opção “Documentos fiscais” e no semestre escolhido.

Pode-se usar essa devolução de ICMS no IPVA; a ressalva é que o veículo precisa ser do titular do CNPJ ou CPF e, para efetuar o abatimento, basta:

  • Clicar em “Utilizar créditos”;
  • Em vez de selecionar uma conta, escolher o item “IPVA”;
  • Preencher com os dados do veículo.

Por causa da demora de alguns dias para o uso dos créditos ser compensado, indica-se que o cidadão faça esse processo com antecedência, ou seja, que não deixe para acessar a página da NFP muito perto da data de vencimento do IPVA.


Quem transfere o dinheiro da NFP continua participando dos sorteios mensais?

A Nota Fiscal Paulista também é responsável por sortear alguns prêmios mensais em dinheiro.

Entre janeiro e novembro, eles podem ser de até R$ 1.000.000,00; mas dobram de valor no mês de dezembro e as pessoas que fazem transferência de crédito (seja para o Bradesco ou não) continuam participando normalmente e podem ser sorteadas.

O Governo do Estado de São Paulo tem bastante transparência com relação às entidades e às pessoas físicas sorteadas: costuma ser publicada uma planilha com a cidade de cada sorteado e o valor.

Outros dados, entretanto, são omitidos para que as instituições e pessoas premiadas não sejam expostas.

Como transferir o dinheiro da Nota Fiscal Paulista para Bradesco


Como reclamar sobre problemas na transferência do dinheiro da NFP?

A entidade ou cidadão que não receber o dinheiro da Nota Fiscal Paulista em até duas semanas deve fazer contato com a Secretaria da Fazenda SP usando o telefone (11) 3242 3400 ou indo a um posto de atendimento.

Se o órgão não puder solucionar, será preciso entrar em contato com a agência do Bradesco.

O contribuinte, todavia, deve ficar atento quando preencher a conta bancária e a agência para evitar qualquer desvio do seu crédito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *