Créditos da Nota Fiscal Paulista serão liberados em abril

Com uma considerável frequência, nós recebemos mensagens dos leitores do site perguntando quando o lote de créditos da Nota Fiscal Paulista é liberado. Pois então, fique bem atento (a) à resposta e grave ela bem gravado na sua mente: a Secretaria da Fazenda de São Paulo sempre faz a restituição duas vezes por ano. A primeira é em abril, e a segunda é em outubro.

Esse valor transferido pela SEFAZ corresponde a uma parcela do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) que o governo paulista disponibiliza ao cidadão que pede o CPF nas notas fiscais. Essa fatia já foi de 30%, depois passou para 20% e agora varia de 5% a 30%.

Em outras palavras, é aquele dinheiro que retorna das compras do dia a dia, quando você informa pacientemente os 11 números do seu CPF na padaria, no mercadinho, na farmácia e em vários outros lugares. De pouquinho em pouquinho, dá para acumular alguma coisa. E uma graninha extra é sempre bem-vinda, né?

Cronograma da liberação

Lote créditos Nota Paulista

O governo trabalha com um calendário semestral para liberar os créditos da Nota Paulista. Dessa vez, o consumidor vai receber os valores correspondentes às compras feitas no 1º semestre de 2016.

Portanto, se por acaso você vez alguma compra grande tipo ostentação após junho de 2016, e está esperando uma restituição polpuda agora, é válido saber que ela só vai entrar no próximo lote. Para entender melhor, dá só uma olhada no cronograma:

  • Créditos gerados no 1º semestre de 2016 – repasse no 1º semestre de 2017
  • Créditos gerados no 2º semestre de 2016 – repasse no 2º semestre de 2017
  • Créditos gerados no 1º semestre de 2017 – repasse no 1º semestre de 2018
  • Créditos gerados no 2º semestre de 2017 – repasse no 2º semestre de 2018

Pagamento em duas etapas

Uma galera não sabe, mas não são só os consumidores comuns que “dividem o bolo” dos créditos da NF Paulista. Além de você, da sua mãe e da sua vovó, os condomínios, as empresas e as entidades assistenciais também estão envolvidos nessa história.

Como tem muita gente participando, a SEFAZ precisa separar o pagamento do lote em duas etapas para não dar ruim no sistema. Então fica assim: primeiro a grana vai para o pessoal comum, como você e eu, e também para os condomínios. Depois, é a vez das ONGs e órgãos assistenciais receberem os valores.

Como consultar os créditos

Beleza, tudo explicadinho para você entender como funciona a restituição dos créditos, e aí vem aquela pergunta inevitável: “como eu descubro quanto eu vou receber nesse lote de abril?”. Basta você fazer a consulta no seu cadastro. É bem fácil e rápido. Olha só como se faz:

1. Acesse o site da Nota Fiscal Pta por este link.

2. Clique em “Acesso ao Sistema”.

Acesso sistema Nota Paulista

3. Agora informe seus dados de acesso ao cadastro (CPF ou CNPJ e senha).

Dados acesso Nota Paulista

4. No menu principal, você vai localizar a opção “Consultar” e depois vai clicar em “Documentos Fiscais”.

Consulta créditos NFP

5. Agora você seleciona o período de créditos que quer visualizar. Neste caso, é 1º semestre de 2016. Marque a bolinha e clique em “Consultar”;

Créditos 1º semestre 2016

6. Aí, na próxima tela, finalmente você vai ter o que queria:  a soma dos créditos do 1º semestre de 2016. Como você pode ver, eu vou receber empolgantes R$ 12,08 (torço para que você tenha mais!).

Saldo créditos NF Paulista

Como transferir os créditos

Agora chegou a hora mais importante, afinal, o que a gente quer de verdade é ver o dinheiro pingando na nossa conta. Então chega mais e dá uma conferida no que você precisa fazer para transferir os créditos da Nota Fiscal Paulista.

1. Após acessar o seu cadastro, localize no menu a opção “Conta Corrente” e clique em “Utilizar créditos”.

Usar créditos Nota Paulista

2. Escolha entre transferir para conta corrente ou poupança (a opção do IPVA só é liberada em outubro).

Contas NFP

3. Agora você precisa preencher os dados do seu banco e o valor que deseja resgatar; após finalizar, clique em “Confirmar”.

Dados conta Nota Paulista

4. Confira os dados da sua conta e o valor. Se estiver tudo certo, clique em “Efetuar transferência”.

Dados conta corrente

5. Na próxima tela, você vai ver a mensagem confirmando a transferência. A grana vai cair na sua conta em até 15 dias úteis.

Confirmação resgate

Por que eu não consigo ver os créditos?

Se você tentou acompanhar o tutorial que eu mostrei, mas não conseguiu visualizar os seus créditos (nem saber quanto você tem de saldo), eu tenho uma boa e uma má notícia.

A boa é que isso não acontece somente com a sua pessoa. E a má é que não dá para garantir que você terá a chance de fazer essa consulta agora. E por que isso acontece?

Porque, para conferir o valor dos créditos, você não pode ter cadastro restrito. Muitas pessoas têm o cadastro nesta situação e não sabem. Aí elas acabam acreditando que há algum problema com o sistema. Mas, na real, não tem nenhum erro.

Como liberar o cadastro restrito

A Secretaria da Fazenda é bem rigorosa quanto à segurança dos dados do site da Nota Paulista. Por isso, todos os cadastros são aprovados com várias funções bloqueadas. Uma delas é a consulta do valor dos créditos. Mas também tem outras, como você pode ver no quadro aqui embaixo:

Cadastro restrito Nota Paulista

Agora que tudo se tornou mais claro, fica a pergunta: como liberar o cadastro restrito? A única forma possível é fazendo o resgate dos créditos pelo menos uma vez. É só isso, mesmo. Basta você transferir os valores para sua conta bancária e pronto.

Depois de um tempinho (uns 10 dias), o sistema já vai liberar todas as funções do cadastro, incluindo a consulta do valor dos créditos e também a visualização do saldo.

Preste atenção a essa informação: você só vai conseguir ver o seu saldo após fazer a primeira transferência. Sem realizar essa operação, será impossível saber o valor que você tem no seu cadastro na Nota Fiscal SP, ok?

Você acabou de conferir as informações sobre os créditos da Nota Paulista. Se elas foram úteis para você compartilhe com seus amigos no Facebook ou clique no botão “Curtir”. E caso você tenha alguma dúvida, escreva a sua pergunta na seção de comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *