Como participar dos sorteios da Nota Paulista

Além de oferecer a restituição de até 20% do ICMS de produtos e serviços, o programa Nota Fiscal Paulista também disponibiliza sorteios mensais para o consumidor concorrer a vários prêmios em dinheiro. Você pode ganhar até R$ 1 milhão se for o primeiro sorteado do mês.

Claro que todo mundo gostaria de ganhar esses prêmios, mas a realidade é que pouca gente se interessa por pensar que é difícil participar. Mas, ao contrário do que você pode imaginar, a adesão aos concursos é relativamente simples e pode ser feita em questão de minutos.

E aí, tá afim de concorrer aos prêmios? Então acompanhe o nosso texto até o final e veja o que você precisa fazer para participar dos sorteios da Nota Fiscal Paulista.

Cadastro

Antes de tudo, você precisa ter um cadastro no sistema da Nota Paulista. E preste bastante atenção, pois é no momento de se cadastrar que você vai confirmar a adesão aos sorteios. Veja como funciona:

1ª etapa – cadastro

Para entrar em sua conta, você terá de obter um login e gerar uma nova senha. Veja como funciona:

1. Acesse o site oficial da Nota Paulista pelo endereço http://www.nfp.fazenda.sp.gov.br/.

2. Localize no lado direito da tela a opção “Cadastre-se”; selecione Pessoa Física ou Pessoa Jurídica e clique em uma das opções mas adequada para a sua situação.

3. Digite os dados iniciais e clique em “Avançar”.

4. Em seguida, o sistema vai solicitar novos dados sobre endereço e telefone; preencha todos e avance.

5.Clique aqui para ler o artigo completo

Como consultar o saldo da Nota Fiscal Paulista

Você sabe como funciona a Nota Fiscal Paulista? Toda compra de produto ou serviço realizada por qualquer cidadão no estado de São Paulo pode trazer benefícios como a restituição de até 20% do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) e desconto no IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores).

Mas é bom lembrar que essas vantagens só valem se a pessoa incluir o CPF ou o CNPJ na nota fiscal. Caso contrário, não é possível fazer o cálculo dos créditos.

Com o número do documento do consumidor registrado, a Secretaria da Fazenda pode creditar uma quantia proporcional ao valor da compra. Mas você sabe o que fazer para consultar o saldo da Nota Paulista?

Neste texto nós vamos mostrar o passo a passo para você realizar a consulta. Acompanhe até o final e veja todos os procedimentos.

1ª etapa – cadastro na Nota Fiscal Pta

Para entrar em sua conta, você terá de obter um login e gerar uma nova senha. Veja como funciona:

1. Acesse o site oficial da Nota Paulista pelo endereço http://www.nfp.fazenda.sp.gov.br/.

2. Localize no lado direito da tela a opção “Cadastre-se”; selecione Pessoa Física ou Pessoa Jurídica e clique em uma das opções mas adequada para a sua situação.

Preenchendo os dados pessoais

Nesta parte você começará a fornecer apenas algumas informações pessoais. O seu CPF, a data de nascimento e nome da sua mãe serão as primeiras solicitações.

O sistema da Secretaria da Fazenda é bastante rigoroso quanto ao conteúdo informado no momento do cadastro, tanto que ela mantém um “termômetro de confiabilidade do seu cadastro”.… Clique aqui para ler o artigo completo

Contas do Banco do Brasil: como transferir os créditos da Nota Paulista

Não é de hoje que inúmeros leitores do site (mas vários, mesmo) enfrentam dificuldades para transferir os créditos da Nota Paulista para uma conta poupança do Banco do Brasil. Sempre aparece uma dúvida diferente de alguém desesperado por não conseguir resgatar o dinheiro.

Assim como acontece no caso da Caixa, o site da Secretaria da Fazenda exibe uma breve explicação sobre os procedimentos para realizar a operação. O problema é que raramente a informação é encontrada pelas pessoas, causando a impressão de que não há uma solução definitiva.

Mas para você ficar tranquilo (a), saiba que, sim, há um jeito certo para preencher os campos da conta do BB no site da Nota Fiscal Pta. E, para sua surpresa, é mais simples do que parece. Acompanhe a nossa explicação e veja como funciona.

Onde está o problema?

Quando você tenta resgatar os créditos pelo site da NF Paulista, o sistema exibe a mensagem abaixo:

Atenção!

A conta poupança do Banco do Brasil deverá:

– Iniciar com a devida variação (01, 51, 59, 61, 91, 96,…)

– Possuir 9 dígitos (fora o dígito verificador)

– O dígito verificador provavelmente será diferente do dígito verificador da conta corrente

Caso não consiga localizar o número correto da conta poupança, entre em contato com seu gerente.

Variação? 9 dígitos? Dígito verificador diferente na conta corrente? Na boa, essa mensagem parece mais dificultar do que ajudar, né? Na verdade ela não explica muita coisa. Então vamos destrinchar ela para poder te auxiliar.

Variação

A variação é um código de dois dígitos que serve para identificar o tipo de poupança conta do Banco do Brasil.… Clique aqui para ler o artigo completo

Como transferir créditos da Nota Paulista para contas da Caixa

Se você está cadastrado (a) na Nota Fiscal Paulista e já tentou transferir seus créditos para uma conta da Caixa Econômica Federal, provavelmente já encontrou problemas ao realizar a operação de resgate. Mas você sabe por que isso acontece? É um pouco confuso, mas vamos lá.

Em meados de 2015, o sistema da Nota Paulista passou por algumas atualizações técnicas relacionadas às informações das contas bancárias. Essas mudanças afetaram diretamente o modo de preencher os dados das contas para a realização da transferência.

Um dos bancos afetados foi a Caixa, mas clientes do Santander e do Banco do Brasil também enfrentaram situações que os impediram de resgatar o dinheiro da NFP. Chato, né?

O que impede a transferência do dinheiro?

Antes da mudança no sistema, você só precisava preencher os dados de sua agência e conta normalmente nos respectivos campos do site. Bastava digitar os 4 números da agência, os 4 número da conta + o DV e dar prosseguimento ao resgate.

No entanto, após a atualização que comentamos no início do texto, o site passou a exigir uma combinação de 11 dígitos. E foi isso que acabou confundindo muita gente. Afinal, se a conta tem apenas 4 dígitos, o que é preciso fazer para chegar nos 11?

Na época, esta alteração não foi explicada com clareza aos usuários da Nota Fiscal Pta, porém, ela está registrada na seção de “Perguntas Frequentes” do site da Secretaria da Fazenda. Basta conferir neste link.

Como preencher os dados da Caixa corretamente

Para esclarecer de vez essa dúvida, a partir de agora nós vamos mostrar como você deve preencher os dados da sua conta corretamente para conseguir resgatar os créditos da Nota Fiscal Paulista.… Clique aqui para ler o artigo completo

Como funciona a Nota Fiscal Paulista

A Nota Fiscal Paulista é um programa em atividade desde 2007. Parece que foi ontem, mas já se vai uma década de história do plano criado pelo governo do Estado de São Paulo e gerenciado pela Secretaria da Fazenda.

A iniciativa foi tão bem recebida pelos cidadãos que serviu de modelo para a ativação de outros sistemas semelhantes em diversos estados brasileiros, como Paraná, Rio Grande do Sul, Alagoas, Rio de Janeiro, Goiás, entre outros.

Qual é a função da NFP

Se você não sabe qual é o principal objetivo da Nota Paulista, a gente te explica como funciona. Ele foi planejado para atuar como um instrumento de incentivo fiscal das operações comerciais realizadas no Estado.

Em outras palavras, o programa oferece vantagens para todo consumidor que solicita a nota fiscal em suas compras. Sendo assim, ao pedir o cupom fiscal para ter direito aos benefícios, o cliente possibilita ao governo ter mais controle sobre as transações.

Quais são os benefícios da Nota Paulista

Ao registrar o CPF na nota, o consumidor tem direito a receber até 20% do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) do valor registrado na nota fiscal.

Além disso, a Secretaria da Fazenda realiza sorteios mensais com prêmios de R$ 1 mil a R$ 1 milhão. Para completar, também é possível utilizar os créditos para abater o valor do IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores).

Já para as empresas, os benefícios permitem diminuir a concorrência desleal, combater a pirataria de produtos, além de reduzir o tempo para armazenar as notas fiscais, uma vez que os trâmites da NF Paulista agilizam o processo de registro dos comprovantes.… Clique aqui para ler o artigo completo